Após título, Cuca desconversa sobre profecia: 'O mérito é todo dos jogadores'

Não foram poucos os que duvidaram da previsão de Cuca quando o treinador, ainda em abril, projetou o título brasileiro do Palmeiras, logo após a eliminação alviverde no Campeonato Paulista. Sete meses depois, com a conquista oficializada após a vitória por 1 a 0 contra a Chapecoense, neste domingo (27), o comandante alviverde evitou assumir os louros sobre a profecia, creditando o título aos seus comandados.

“Eles acreditaram quando falei que a gente ia ser campeão. Se não fossem eles, não saía nada. Mérito todo deles. O grupo não tem grandes estrelas. Em 93 e 94 o Palmeiras tinha diversos jogadores de Seleção. O nosso foi na garra, na raça”.O comandante falou novamente sobre o assunto na coletiva de imprensa.“O que eu fiz naquela ocasião, em que dei uma entrevista depois de perder um jogo, que nem me lembro qual era, foi dizer que aquele time que estava sendo chacota seria campeão brasileiro.

 É uma responsabilidade grande falar isso em público. Nós tínhamos um motivo, uma razão, para nos identificar mais um com o outro. Eu não conhecia o grupo, mas tínhamos de ter uma junção. Por mais perigosa que fosse, foi ela que nos uniu. Em um campeonato de pontos corridos, você não consegue celebrar o título hoje, você comemora partida a partida. Comemoramos um pouco com Botafogo, Inter, Corinthians, Sport… Não teve a decisão. Os jogadores confiaram naquela promessa e jogaram, se algumas vezes não o melhor futebol, com a melhor entrega, a melhor luta”.Sem contrato para 2017, tudo indica que Cuca não será o treinador palmeirense na próxima temporada. Na última semana, ele revelou à imprensa italiana que pretende viajar para acompanhar de perto o trabalho dos principais técnicos da Europa.

Esporte Interativo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.