Couto denuncia à Comissão de Direitos Humanos ameaças contra estudantes de ocupações na Paraíba

Depois de visitar as várias ocupações de escolas e universidades promovidas por estudantes em João Pessoa, Cabedelo, Bananeiras e Areia, o deputado federal Luiz Couto (PT-PB) anunciou, durante pronunciamento na Câmara dos Deputados, em Brasília, na ultima terça-feira, 22, que vai levar ao conhecimento da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Casa as ameaças explícitas e veladas que têm sido feitas contra os alunos por membros do MBL ou setores ligados à direita radical no Estado da Paraíba. 

O deputado ouviu relatos de estudantes sobre a tortura psicológica à qual têm sido expostos, ameaçados que são de suposto risco de prisão por parte da Polícia Federal por causa da ocupação a prédios públicos. Em outros casos, as provocações são feitas de maneira ostensiva, por grupos que se declaram como representantes do MBL, e chegam a acusar os alunos de consumo de drogas ou álcool, chamam-os de "vagabundos" e incitam os manifestantes a reagirem ao achincalhe com violência.

No campus de Bananeiras, onde também compareceram integrantes do comando de greve do IFPB-Guarabira, as representantes do movimento Estudantil "Ocupa Campus III" entregaram ao deputado uma intimação: "Foram intimados e citados os senhores Ademilson Bezerra Teixeira e Cid Eduardo Barreto Menezes e outros estudantes e servidores que se encontram participando do movimento de ocupação, para que no prazo de 24h, desocupassem pacificamente o prédio público, em referência, sob pena de intervenção judicial direta. Portanto, espero que a Advocacia Geral da União e a Justiça Federal levem em conta a luta dos estudantes, que é uma luta justa, em defesa da Educação, do Emprego e da Universidade Pública gratuita, de qualidade e comprometida as causas do povo paraibano", relatou Luiz Couto.

O deputado ainda fez um registro enfático de sua solidariedade aos estudantes que promovem as ocupações na Paraíba: "Tenho que elogiar por merecimento a coragem, a resistência e o exemplo que esses alunos responsáveis pelas ocupações têm dado a todo o país. Eles são uma massa forte, inspiradora e disposta à luta por um país melhor. Estão em trincheiras pacíficas, fazendo seu brado ecoar por todo o país e dizendo que não aceitam a crueldade do golpe, não querem uma escola que os façam apenas repetir conceitos, sem uma análise crítica. Não aceitam o desmonte da educação, a diminuição de recursos, não querem e se erguem contra o retrocesso".

Ascom do Dep. Luiz Couto

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.