Caso Padre Pedro: Polícia investiga pedido de empréstimo de R$ 50 mil

O secretário de Segurança e Defesa Social, Cláudio Lima, informou nesta terça-feira (7) ao ClickPB que foram abertas novas linhas de investigação para apurar o assassinato do Padre Pedro Gomes, encontrado morto dentro de casa com 29 facadas na cidade de Borborema. “Foram destacados policiais para investigar alguns fatos novos apontados pela família do religioso”, declarou o secretário ao negar que houve reabertura do processo. 

“Na verdade, o caso nunca foi fechado”, afirmou o secretário ao confirmar que a família do Padre encaminhou evidências que apontam a possibilidade de outras pessoas no crime. 

“Estamos checando tudo, mas ainda não temos nenhum resultado. Temos que dar um tempo”, disse. 

Ontem, o deputado federal Luiz Couto (PT-PB) registrou a providência tomada pelo secretário de Segurança e Defesa Social do Estado da Paraíba de reabrir as investigações relativas ao assassinato do Padre Pedro Gomes.

Couto disse que intermediou o contato da família da vítima com o secretário. Na conversa, foram entregues dados que apontam a existência de um empréstimo de R$ 50 mil feito em nome do religioso para uma terceira pessoa que não honrou a dívida e estava sendo cobrada pelo padre. 

Os parentes do pároco acreditam que esse elemento pode ser crucial para desvendar o real motivo do crime.  

ClickPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.