Homem que matou esposa com quase 30 facadas é encontrado morto dentro de presídio

Foi encontrado morto dentro do presídio, o homem acusado de assassinar a esposa com 28 facadas, na cidade de Santa Rita, Região Metropolitana de João Pessoa.

O homem preso no dia do crime, após audiência de custódia, foi transferido para o Presídio Padrão de Santa Rita. Detido na cela 18 da unidade prisional, com mais três homens acusados do mesmo tipo de crime, o corpo de Ivanildo foi encontrado nesta manhã. “Os agentes que foram até a cela e perceberam que havia uma corda em volta do pescoço e tudo indica que foi suicídio, mas vamos aguardar a perícia”, explicou Cícero Gonçalves, diretor do presídio.

O acusado não havia recebido nenhuma visita dos familiares no período que esteve preso. Nessa quinta-feira (8), a filha de Ivanildo terminou o cadastro para poder visitar o pai no presídio. "Nitidamente a gente percebia que ele estava em depressão. Ele não havia recebido visita de ninguém", disse o diretor da unidade.

Tragédia anunciada - Dias antes do crime, o homem postou uma foto do casal nas redes sociais, com a legenda: "Essa fulera que convivi há 20 anos estava me traindo e me usou de suporte até hoje. VAGAGUNDA!!! Quando a a pessoa não gosta mais chega junto e conversa!!! EU RESPONDO UM HOMICÍDIO E NÃO PAGO UMA MARIA DA PENHA!!!! VAI MORRER!!!", escreveu o acusado.

Após descoberta a infidelidade, a esposa havia saído de casa, mas atraída pelo marido, com um pedido de reconciliação, retornou e foi morta.

No velório de Joseane França de Lima,  em Bayeux. A filha da vítima, em entrevista, revelou que perdoaria o pai. "Perdoo meu pai, ele não estava em si. Isso é coisa do inimigo. Vou estar com ele aonde for", disse Bianca França, de 18 anos.

Portal T5

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.